O grafite na Vila Autódromo mostra que os moradores enxergam o confisco da sua comunidade como uma transmissão de terra pública para atores privados: “Quando não tiver mais áreas públicas para eles venderem, vão vender as favelas. Quem vai reclamar? ”

O problemático legado das Olimpíadas no Rio de Janeiro

As Olimpíadas no Rio de Janeiro são usadas como um pretexto para impor uma controvertida política de desenvolvimento urbano.  Por Margit Ystanes «A Vila Autódromo vai ficar!» Em fevereiro deste ano, a prefeitura do Rio de Janeiro demoliu a casa da Associação de Moradores da Vila Autódromo. Restavam, então, entre 30 a 40 famílias no bairro,…

Os moradores remanescentes da Vila Autódromo vivem entre ruínas, enquanto o Parque Olímpico é erguido ao fundo. O grafite denuncia que empreiteiras por trás dos projetos olímpicos estão envolvidas no escândalo de corrupção da "Operação Lava Jato".

Brasils problematiske OL-arv

Hjem rives, nabolag utslettes, fattige flyttes ut. OL i Rio de Janeiro brukes som brekkstang for å tvinge gjennom kontroversiell byutviklingspolitikk.   I februar i år rev de lokale myndighetene i Rio de Janeiro beboerforeningens hus i bydelen Vila Autódromo. Mellom 30 og 40 familier var igjen i dette nabolaget hvor det opprinnelig bodde rundt 600…

trusting truibulations

Trusting and its Tribulations: Interdisciplinary Engagements with Intimacy, Sociality and Trust

Summary: Despite its immense significance and ubiquity in our everyday lives, the complex workings of trust are poorly understood and theorized. This volume explores trust and mistrust amidst locally situated scenes of sociality and intimacy. Because intimacy has often been taken for granted as the foundation of trust relations, the ethnographies presented here challenge us…